logo
Insparedes - Maus hábitos que podem destruir a embraiagem do seu carro - saiba tudo!
blog-1

Maus hábitos que podem destruir a embraiagem do seu carro - saiba tudo!


Grande parte dos carros que circulam nas estradas portuguesas ainda possuem caixas de velocidades manuais, possuindo, por isso, embraiagem.

Como tal, é importante ter em consideração que, enquanto condutor, poderá inadvertidamente estar a ter alguns hábitos que podem desgastar ou vir até mesmo a destruí-la. Saiba tudo!


A embraiagem é o componente chave para o funcionamento de uma caixa de velocidades. Por isso, problemas de embraiagem podem resultar, claro, em problemas de caixa de velocidades. 

Por estar em constante utilização, a embraiagem é um dos componentes que sofre mais desgaste, uma vez que está constantemente exposta à fricção. Contudo, existem alguns erros que podemos estar a cometer na nossa condução diária. Conhecendo-os, poderá aumentar o tempo de vida útil da mesma, preservando o estado geral do seu automóvel.

Erro nº1 - Não pisar o pedal da embraiagem até ao fundo

A embraiagem situa-se entre o motor e a caixa de velocidades, transmitindo a potência do motor até à caixa de velocidades. Ao pressionar o pedal esquerdo, é interrompido o fornecimento de potência, para assim se selecionar outra mudança. 

Ao terminar esta ação, a embraiagem volta a conectar o motor e a caixa. Esta interrupção é, também, realizada no arranque ou quando o carro é imobilizado, enquanto o motor de combustão interna está ativo. 

A utilização da embraiagem é constante durante a condução, tornando-se fulcral uma utilização adequada. Assim, um dos piores hábitos no seu uso é não pisar o pedal na sua totalidade, seja para subir de mudança, reduzir ou parar o carro. 

Desta forma, é imperioso assegurar que o engate e desengate, entre o motor e  caixa, é realizado na totalidade, evitando fricção desnecessária.


Erro nº2 - Utilizar em excesso a embraiagem

O pedal de embraiagem deve ser acionado apenas no arranque e troca de mudanças, bem como na imobilização do carro. Contudo, existe um hábito comum de acionamento do pedal da embraiagem de forma desnecessária, por exemplo enquanto se espera que o semáforo fique verde, ou quando se encosta o carro por algum motivo. 

Outra questão que se verifica neste âmbito é o hábito de descansar o pé esquerdo no pedal da embraiagem, o que provoca pressão sobre o mesmo, começando a acioná-lo


Erro nº3 - Não pisar corretamente o pedal da embraiagem

Outro hábito que deve mesmo evitar, uma vez que provoca enorme desgaste da embraiagem, é a utilização demasiado prolongada do ponto de embraiagem. É o que acontece, por exemplo, enquanto se espera pela mudança do semáforo para verde. 

Este hábito é bastante nocivo, já que exerce uma grande quantidade de fricção sobre o disco, podendo mesmo a levar a “queimar-se” a embraiagem, o que originará um cheiro a queimado, primeiro sinal de que isto aconteceu. Largar o pedal de forma repentina também não é um hábito aconselhável, já que a mesma deve ser utilizada de forma gradual.



A embraiagem é um componente de fácil desgaste, estando sujeita a imenso uso e fricção. Por isso, é normal que, ao longo da vida do seu automóvel, algum dia vá ter a substituir. Contudo, se conhecer os maus hábitos que podem estar a acelerar o seu desgaste, poderá moderar-se e contribuir para a sua preservação de forma mais eficaz!


A Insparedes deseja-lhe Boas Viagens!


Aceder à Fonte da Notícia