logo
blog-1

É condutor e tem mais de 65 anos? Estes conselhos são para si!


É verdade que, conforme envelhecemos, determinadas capacidades vão-se deteriorando.

Contudo, é importante não generalizar e respeitar a livre mobilidade das pessoas, desde que as normas sejam comprovativas e se certifique que o indivíduo está capacitado para conduzir. Saiba tudo!

À medida que envelhecemos, os movimentos vão-se tornando cada vez mais lentos, os sentidos diminuem, a nossa capacidade de reação não é tão aguçada. 

No entanto, a idade não deve ser um fator determinante para decidir se uma pessoa está ou não apta para conduzir, desde que se comprove que a pessoa está capacitada para conduzir sem que isso seja um risco para si ou para os outros utilizadores da estrada. 

É esse o objetivo da renovação da carta de condução, que visa reavaliar o condutor a nível físico e mental. Os períodos de renovação de carta de condução vão-se encurtando de acordo com a idade do condutor. 

Desta forma, e tendo em conta que são as capacidades e aptidões do condutor que determinam se a pessoa pode continuar a conduzir um veículo sem riscos, a maioria dos países tem um limite de idade a partir da qual a renovação da carta de condução é encurtada. 

Se é condutor e tem mais de 65 anos, com o passar dos anos, deve seguir as seguintes recomendações para que continue a conduzir em segurança:


Examinar frequentemente a vista e a audição

Tanto a visão com a audição são sentidos fundamentais para uma condução segura. Por isso, é recomendável que, todos os anos, faça exames para perceber a deterioração destes sentidos.

Cumprir as restrições da carta de condução

Se nas renovações anteriores foi sujeito a restrições na sua carta de condução, deve cumprir as especificações ou limites fixados.

Especial atenção a medicamentos

É importante verificar, na toma de medicamentos, se os mesmos não interferem com a capacidade de condução. 


Não conduzir em estados de fadiga

Se sentir cansaço ou sono durante a condução, deve parar a marcha.

Evitar condução noturna

Conduzir à noite pode provocar estados de sonolência. Por isso, deve evitar conduzir durante este período ou optar por estradas bem iluminadas. 

Atualizar conhecimentos

É fundamental a todos os condutor reciclar os conhecimentos de Código da Estrada, não só para conhecer alterações regulamentares, como para refrescar conhecimentos já esquecidos ou eliminar erros adquiridos com o hábito.


Se é condutor e tem mais de 65 anos, é bem-vindo na estrada e acreditamos que ainda tem “muito pneu para queimar”. Cuidando de si e da sua viatura, terá o cocktail perfeito para aproveitar o seu carro em belos passeios pelas estradas de Portugal.

A Insparedes deseja-lhe Boas Viagens!


Aceder à fonte da notícia