Ventania a chatear? Saiba como deve circular!

Com variações meteorológicas cada vez mais frequentes, em que a ventania atinge o nosso país, é importante relembrar qual a melhor forma de conduzir perante estas condições.

Dessa forma, a Insparedes dá-lhe algumas dicas de como circular de forma preventiva face a situações de ventania. 

ventania

A existência de ventania, embora seja um dos fatores a que um condutor deve estar sempre atento, é também um factor que não se vê mas que pode influenciar a condução.

Porém, é comum ser um dos fenómenos mais negligenciados pela maioria dos condutores, mesmo sendo sentido em função da velocidade a que o carro circula e das dimensões do mesmo.

As rajadas de vento provocam desvios de trajetória em todos os veículos, especialmente quando circulamos em descampados ou nos cruzamos com veículos de maiores dimensões.

Em termos comportamentais, o condutor deve deve sempre adaptar a velocidade não só ao seu carro, mas também às condições meteorológicas, ao asfalto em que circula e à presença de outras viaturas.

Quais os cuidados a ter perante a existência de vento?

Além de, obviamente, ser necessário optar por uma condução preventiva, adotando uma velocidade cuidada e redobrando a atenção. Porém, há outros momentos em que devemos ter especial atenção:

  • Ao sair de um túnel, pode ter de enfrentar rajadas de vento acima da média. Para que não se coloque em grandes riscos, modere a velocidade de forma a que a sua trajetória não seja influenciada.
  • Ao efetuar ultrapassagens, pode sentir o vento bloqueado e, de repente, reaparece ainda mais forte. Como tal, devemos estar alerta, tentando retomar a correta faixa de rodagem.
  • Em pontes, viadutos e autoestradas, em que normalmente a circulação é feita em altas velocidades, o vento circula de forma livre e com corrente de ar, podendo de facto desviar o nosso carro da trajetória.

Assim, saiba com a Insparedes o que fazer para se precaver durante a condução com vento:

Preveja o perigo

Se prevê que está na presença de ventos fortes, fixe a visão na vegetação, nas árvores ou nas mangas de vento, verificando a sua intensidade.

Segure bem o volante

Mantenha as duas mãos posicionadas no volante, agarrando-o com firmeza e sem efetuar movimentos demasiado bruscos.

Reduza a velocidade

Caso verifique que há muito vento, não circule a alta velocidade. Reduza-a, de forma a aumentar a sua capacidade de reação.

Evite travagens bruscas

Qualquer movimento repentino pode implicar riscos perante uma situação que, em si, já é perigosa.

Circule no centro da estrada

Sempre que o trânsito permitir, em vias fora da cidade, aproxime o seu carro ao centro da faixa. Assim, se uma rajada de vento o desviar do seu percurso, não sairá da estrada rumo às valetas.

E se estiver a chover?

Caso de depare, não só com vento, mas também com chuva, tenha em atenção que o asfalto estará mais escorregadio, pelo que se aconselha uma condução cuidada, mantendo as distâncias de segurança.

Agora que o tempo frio se aproxima, com ele chega também o vento forte e condições adversas, que podem efetivamente colocá-lo em perigo!

Como tal, a Insparedes aconselha a que tenha uma condução preventiva, circulando a velocidades inferiores, e respeitando todas as normas de trânsito e de segurança rodoviária.

 

A Insparedes deseja-lhe Boas Viagens!

 

Aceder à Fonte da Notícia

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário



Os melhores Truques e Dicas para valorizar o seu automóvel

Comece a receber todos os meses...
Inscrever Agora 
close-link