Travão de mão mecânico Vs Travão de mão eléctrico

O travão de mão eléctrico é um gadget que surgiu recentemente em carros topo de gama, mas já se começa a verificar em modelos de gama mais baixa.

Assim, a tendência é vulgarizar este equipamento de luxo em toda a indústria automóvel, sendo ainda possível escolher qual o mecanismo com o qual mais se identifica…

travao-de-mao-mecanico-vs-travao-de-mao-electrico

O travão de mão eléctrico é um gadget que surgiu recentemente em carros topo de gama, mas já se começa a verificar em modelos de gama mais baixa. 

Assim, a tendência é vulgarizar este equipamento de luxo em toda a indústria automóvel, sendo ainda possível escolher qual o mecanismo com o qual mais se identifica.

Conheça agora as várias peculiaridades de ambos os sistemas, de forma a poder conhecer as suas características e saber escolher o sistema preferido:

Travão de mão eléctrico

Em alerta dado pelo ACP (Automóvel Clube de Portugal) e pelo PRP (Prevenção Rodoviária Portuguesa), o travão de mão eléctrico pode ser traiçoeiro. Isto porque, devido ao modo automático, quando se faz um ponto de embraiagem sem uma mudança engatada, a viatura destrava-se automaticamente, o que pode traduzir-se num risco para os condutors que não estejam familiarizados com o sistema. Assim, apela-se às marcas que avisem os compradores quando as viaturas possuem este sistema.

Assim, o ideal é testar o equipamento num espaço amplo, de forma a decifrar as manhas do gadget e a evitar surpresas na estrada.

Porque foi inventado o travão de mão eléctrico?

Esta é a questão que apresenta mais variedade de respostas. Na vertente ergonómica, é uma forma de ganhar espaço de arrumação no túnel central que divide os dois bancos. Porém, é também uma forma mais cómoda de imobilizar o carro pressionando um simples botão com o dedo sem aplicar a força de um braço. Porém, há também o factor económico, já que é uma forma das marcas criarem a possibilidade de novas avarias a ser reparadas, o que gerará mais lucros para as marcas.

Prós e contras:
• O travão eléctrico depende da bateria e dos fusíveis para funcionar, por isso caso estes não funcionem, o travão é também comprometido / o travão manual funciona em qualquer circunstância, já que funciona através de um meio mecânico;
• A utilização excessiva de mecanismos eléctricos encurta a vida da bateria;
• O travão eléctrico envolve múltiplos componentes como o software, motor, engrenagens, peças hidráulicas, que funcionam entre si e precisam umas das outras para que o mecanismo funcione / o travão mecânico funciona apenas por vias mecânicas, sem influenciar os outros mecanismos.

Assim, embora não seja apenas uma moda e um símbolo de status, a utilização do travão eléctrico ou mecânico deve ser ponderada, seguindo os seguintes factores:
• Segurança
• Facilidade e adaptação do condutor
• Poder económico
• Qualidade/custo do mecanismo
• Preferência pessoal

Lembre-se, independentemente do tipo de travão de mão que utiliza na sua viatura, nenhum deles pode garantir uma condução mais segura, já que isso está nas suas mãos e depende da sua condução e da sua atenção nas estradas! Fique alerta e boas viagens!

 

Aceder à Fonte da Notícia

Artigos relacionados

Deixe um comentário



Os melhores Truques e Dicas para valorizar o seu automóvel

Comece a receber todos os meses...
Inscrever Agora 
close-link