Garanta o conforto da condução e tenha a segurança na sua mão!

Antes de se fazer à estrada, tenha sempre a certeza de que se adapta ao carro que conduz e que verifica o conforto da condução, já que isso se traduzirá em segurança.

Para que garanta todo o conforto da condução, é crucial adoptar uma postura correta e uma posição que não o faça sentir cansado.

conforto da condução

Como tal, a Insparedes preparou-lhe algumas sugestões para que o conforto durante a condução seja garantido:

Pequenos ajustes

Em primeira instância, é importante que ajuste o banco de forma a ficar confortável e com acesso a todos os comandos do veículo. Em seguida, ajuste os espelhos exteriores e interior.

Lembre-se que, durante a condução, os braços nunca devem ficar esticados, mas sim levemente contraídos, de forma a que seja possível colocar os pulsos sobre o volante.

Porque é que o conforto é tão importante para a segurança?

Hoje em dia, os novos veículos já são desenhados de forma a proporcionar o máximo de conforto ao utilizador. Nestes casos, quase todos os detalhes são ajustáveis, como a altura, alcance, apoio lombar, inclinação e ajuste de costas, apoio da cabeça, etc.

Isto porque, no momento da condução, o conforto do condutor é relevante na medida em que contribui para uma condução eficaz e segura, já que evita a fadiga muscular.

Desta feita, não só é crucial o conforto do condutor como também é premente que este exista em conjunto com outros dois factores: a correta utilização dos pedais e o manuseio do volante.

Mas afinal, qual é a posição ideal?

Embora não haja uma posição de condução universal, a mais apropriada é sempre aquela que se adapta à morfologia física do condutor e a que, consequentemente, lhe confere maior conforto.

Porém, existem alguns critérios a respeitar e que o ajudarão certamente a garantir essa posição. Para que os pedais possam ser completamente pressionados sem necessidade de esticar as pernas, estas têm de estar ligeiramente fletidas.

Também os braços devem apresentar-se ligeiramente fletidos, agarrando o volante na zona intermédia do mesmo, nas laterais, junto aos comandos de luzes. Esta posição tenuemente fletida dos membros garantirá, em caso de colisão, que os danos nas articulações serão minimizados.

Quanto ao tronco, este deve encontrar-se o mais vertical possível, mediante o que for confortável para o condutor. A zona lombar e as omoplatas devem seguir apoiadas às costas do assento e a cabeça e o pescoço devem permanecer alinhados, próximos do encosto da cabeça.

Posicionamento dos pés

Se o seu carro for de caixa manual, o pé esquerdo deve manter-se apoiado no apoio de pé existente à esquerda ou no chão, isto porque o pé esquerdo só deverá tocar o pedal da embraiagem caso seja necessário acionar a caixa de velocidades.

Já o pé direito, que tem mais “utilidade” na condução, é utilizado para travar e acelerar e o calcanhar deve manter-se apoiado no chão, próximo do pedal do travão.

Qual o manuseio correto do volante?

A posição correta para manusear o volante é a posição “nove e um quarto”. Em curvas, deve ser utilizada a técnica de “puxar e empurrar” o volante, sem soltar as mãos, subindo a mão do lado para onde vai curvar e puxá-lo depois até à posição inicial.

Segundo o IMT, esta posição resulta em menor fadiga muscular e é mais precisa e rápida na utilização do volante. As mãos devem ter fácil acesso a todos os comandos do veículo.

Além de tudo isto, também as condições de temperatura e ventilação são fundamentais para o conforto térmico e para o bem estar do condutor o que, conjugado com todos os anteriores parâmetros, contribuirá para uma condução mais segura.

 

Conhecia estas regras de condução ou, ao longo dos anos, adotou outras práticas? Não se esqueça que, contribuir para uma condução preventiva e eficaz é contribuir para estradas seguras!

 

 

A Insparedes deseja-lhe Boas Viagens!

 

Aceder à Fonte da Notícia

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário



Os melhores Truques e Dicas para valorizar o seu automóvel

Comece a receber todos os meses...
Inscrever Agora 
close-link