O meu carro sobreaqueceu, e agora?

Se há situação temida durante uma viagem, é o sobreaquecimento do carro. Saiba porque acontece, como o evitar e o que fazer caso se veja perante esta situação.

Podendo deixar-nos parados na estrada ou provocar graves avarias no automóvel, o sobreaquecimento das viaturas nem sempre é evitável.

carro sobreaqueceu

Contudo, há formas de nos precavermos ou de, pelo menos, minimizar os efeitos negativos do sobreaquecimento. Saiba tudo com a Insparedes!

Porque é que o motor sobreaquece?

Durante a circulação, os motores podem alcançar temperaturas muito elevadas devido ao processo de combustão. Para evitar o sobreaquecimento, os veículos contam com um sistema de refrigeração cuja função é manter a temperatura estável, por volta dos 90 graus.

Quando o veículo aquece, o provável é que alguns dos elementos que compõem o sistema de refrigeração estejam com problemas. Os veículos arrefecem pela entrada de ar e acção do líquido de refrigeração, através da bomba de água e do radiador.

Além destes componentes, também o termóstato e a ventoinha devem ser revistos. Assim, o sobreaquecimento pode ser justificado por algum dano nos componentes ou fugas, mas também por uma má circulação do ar ou líquido de refrigeração, devido a sujidade ou impurezas no interior.

Como evitar que o carro sobreaqueça?

Embora seja um acontecimento comum, principalmente em carros antigos ou no verão, há alguma medidas de manutenção que devem ser tomadas:

  • Usar um líquido refrigerante de qualidade, e nunca utilizar água que não seja destilada. É recomendável renovar o líquido a cada 3 anos numa oficina, se não tiver em casa as ferramentas próprias para o fazer sozinho.
  • Confirmar que não existem fugas no radiador, nas tubagens ou na bomba de água.
  • Limpar o radiador e purgar o anticongelante do circuito. É recomendável fazê-lo a cada dois anos na oficina.
  • Caso tenha circulado em terrenos com pó, lama ou vegetação alta, não se esqueça de limpar o radiador, com sabão e água à pressão.
  • Comprove que a ventoinha funciona corretamente, sendo o primeiro indicador quando não se ativa ao pararmos após circular durante bastante tempo.

O que fazer caso o motor sobreaqueça?

Caso se depare com esta situação, ativando-se o indicador da temperatura no painel eletrónico, geralmente em cor vermelha e com advertência sonora (dependente do modelo), deve tomar precauções para reduzir o calor do motor e evitar males maiores:

  • Pare o carro, mas deixe o motor ligado, pois se o desligar repentinamente e deixar arrefecer pela ventilação da inércia, pode causar problemas nas válvulas ou rachar a cabeça do motor.
  • Deixe-o em ponto morto e dê pequenas aceleradelas, para ajudar a bomba da água e a ventoinha a trabalhar melhor.
  • Se estiver parado num engarrafamento ou num semáforo e não pode parar, evite acelerações bruscas e travar com o motor.
  • Se o nível do líquido de refrigeração estiver baixo, pare imediatamente o motor.
  • Não abra por nenhum motivo a tampa do depósito de expansão com o carro quente, pois o líquido poderia saltar a ferver e causar-lhe graves queimaduras. Aguarde que esteja totalmente frio antes de o abrir, mas, para enchê-lo, ligue o motor e faça-o pouco a pouco. Se o fizer com o motor desligado não irá ativar o circuito de refrigeração e não vai conseguir encher por completo.

Seguindo estes passos, deve conseguir baixar a temperatura do carro, porém poderá ser chamar o serviço de assistência do seu seguro automóvel. Caso lhe aconteça, não descarte uma ida ao mecânico para verificar se o motor e o circuito de refrigeração não sofreram danos maiores. Precavenha-se!

 

A Insparedes deseja-lhe Boas Viagens!

 

Aceder à fonte da notícia

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário



Os melhores Truques e Dicas para valorizar o seu automóvel

Comece a receber todos os meses...
Inscrever Agora 
close-link